Abrir menu

Blog da Kube.

Loja do AquaRio | Foto por Talitha Soares

Como criar uma conexão emocional com o cliente?

Você já parou para pensar como pode criar uma conexão emocional com seu cliente através da arquitetura da sua loja? O ambiente precisa fazer com que ele se sinta como se pertencesse àquele lugar.

Todos os nossos sentidos influenciam a nossa percepção do espaço, para bem ou para o mal. Ao projetar pensando no cliente, é importante considerar como ele se sentirá e não negligenciar o potencial sensorial do ambiente. Ao criar uma atmosfera rica em estímulos sensoriais e efeitos efêmeros que envelopam o visitante, o ponto de venda pode se tornar um ambiente impactante, que pode ser sentido sem ser percebido.

Na hora de projetar pensando no modo que o visitante vai se sentir, é necessário existir uma coerência entre os elementos do espaço para não existir estranhamento. Eles precisam estar de acordo com a identidade da marca e devem criar um impacto positivo a quem entra naquele ambiente.

Podemos fazer uso de sombras, cheiros e sons para proporcionar uma experiência inesquecível para o cliente. O restaurante Rainforest Café, por exemplo, faz uso de elementos como plantas, animais, água e controle de temperatura e umidade para criar um ambiente que abraça o cliente e faz com que ele se sinta, de fato, dentro de uma floresta.

A Kube, quando começou a projetar a Loja do AquaRio, só sabia de uma coisa: o esqueleto de uma baleia jubarte seria pendurado no vão central do lobby de entrada do AquaRio e o melhor ângulo para vê-lo seria de dentro da loja. Assim, os expositores principais foram inspirados nas curvas orgânicas das costelas do animal, não só dando fluidez e leveza ao ambiente, como também permitindo uma flexibilização no mix e na quantidade de produtos expostos. As camadas dos expositores “costela” permitem que o produto se revele aos poucos aos visitantes, criando níveis de intimidade na medida em que eles percorrem a loja.

AquaRio.jpg

Além disso, um porcelanato líquido dá a sensação de água para quem entra na loja e tábuas corridas de madeira dão o toque de píer para quem vai entrando no túnel expositivo criado pelas costelas. Cada cabine de provador tem o formato de uma concha em espiral; como o Náutilus, molusco do mar. Esta concha remete o visitante à brincadeira de criança onde se ouve o som das ondas de dentro do caracol. As paredes da loja são revestidas em Terracor, uma massa com textura arenosa que remete à areia de praia.

Esses detalhes foram pensados pela Kube para dar uma identidade criativa e fazer com que os visitantes mergulhem em um ambiente lúdico do fundo do mar na loja do Aquário Marinho do Rio de Janeiro.

Quer saber mais? Venha para o Veste Rio e converse com a gente! ;)

Gostou? Compartilhe em suas redes sociais: